fbpx

Especial de Natal – 5 erros na cozinha

 

A segurança alimentar não é o único fator que temos de ter em conta no nosso estabelecimento. A arte de cozinhar não é tão simples quanto parece, por isso, mostramos-lhe cinco erros que provavelmente já cometeu na sua cozinha e como pode corrigi-los.

1. Não optar por alimentos frescos

 

 A preparação dos alimentos começa com a sua compra (ou escolha). Quando opta por alimentos menos frescos, os seus cozinhados serão menos saborosos e nutritivos.

 

2. Matar as ervas frescas

 

Guardar as ervas no frigorífico dentro de um saco de plástico faz com que estas se estraguem rapidamente. A melhor forma de as armazenar é cortando um pouco das pontas das raízes e mergulhando-as num jarro de água, como se fosse um ramo de flores.

No caso de ervas mais simples, como hortelã, alecrim, tomilho ou sálvia, basta mantê-las no balcão, à temperatura ambiente.  

3. Refrescar alimentos que não gostam de frio

 

O senso comum sugere que o frigorífico é bom para tudo, quando nem sempre é verdade. Alguns alimentos acabam por perder a sua textura e sabor quando submetidos a tais temperaturas, como é o caso das batatas ou dos tomates. Outros exemplos são os ovos ou a cebola e o alho. 

Devido à temperatura do frigorífico, alguns produtos podem sofrer alterações na data de validade ou nas suas características ideais. 

4. Adicionar os ingredientes com a panela ainda fria

 

Na maioria dos casos, devemos aquecer primeiro a panela e só depois adicionar os ingredientes.

Os alimentos nunca devem entrar em contacto com a panela antes desta estar quente, de forma a evitar que absorvam mais gordura do que o necessário.

5. Cozinhar a carne diretamente do congelador

Não importa se cozinhamos carne de porco, frango ou peixe. Esta nunca deve ir diretamente do congelador para um forno quente ou grelhador. O resultado será um pedaço que é cozido no exterior e mal cozido, ou mesmo cru, no centro. 

A solução passará por tirar a carne do congelador e deixar descansar à temperatura ambiente por cerca de 15-20 minutos antes de cozinhar. Ao trazer a proteína à temperatura ambiente permitirá cozinhar mais uniformemente.

 

Importância do controlo alimentar

Para além destes cinco erros, a sua cozinha fica prejudicada sempre que não toma as precauções necessárias no que toca ao controlo e segurança alimentar. O Epack Hygiene é a solução para o seu estabelecimento. 

Se ainda há quem duvida que a resposta está na evolução, este sistema composto por hardware + software vem acabar com todas as dúvidas. O Epack permite gerir de forma simples o Plano de Segurança Alimentar (PSA) de cada estabelecimento, sem nunca sair da cozinha.

Descubra tudo sobre HACCP digital e sem papel no nosso site.

 

Acreditamos que estas dicas tornarão os seus pratos ainda melhores!

Open chat
1
Olá! Precisa de ajuda